testo


Sejam bem vindos todos que aqui chegarem!
Nós agradecemos a sua presença.
Este Portal tem como propósito servir amorosamente e colaborar
para o aprimoramento e desenvolvimento pessoal e espiritual do ser.
Fatima dos Anjos

Bem Vindos ao Portal Arco Íris

segunda-feira, 3 de abril de 2017

A DANÇA COM A ESCURIDÃO Mensagem de Jeshua canalizada por Pamela Kribbe 31 de março de 2017

A DANÇA COM A ESCURIDÃO
Mensagem de Jeshua canalizada por Pamela Kribbe
31 de março de 2017

 Querido amigo, eu sou Jeshua e saúdo-o como um igual, como um amigo que compartilha de suas ideias; aceite-me como um irmão. Quero estar com você para segurar suas mãos.
Para mim é mais fácil enxergar a vida de uma perspectiva superior e mais ampla, do que para você que está no nível terreno. A intenção da sua vida na Terra determina que você fique parcialmente imerso na ignorância, no peso do seu ambiente terreno, e tenha esta experiência a partir dele. Isto certamente não é fácil, mas tem um propósito.
Quando se está nos reinos superiores, nas esferas celestiais, como são chamadas, não há quase nenhuma resistência. Você aceita a experiência do amor ao seu redor como algo natural. E atrai para si o que melhor lhe convém em termos de ambiente e também em termos de energia das almas que você encontra. Existe uma troca fácil entre você e seu meio-ambiente, o qual é um reflexo de você mesmo, e assim você está relativamente livre de bloqueios. Ainda existe alguma “limpeza” a ser feita, por assim dizer, mas tudo acontece com fluidez e facilidade, algo do qual você poderá sentir muita falta enquanto estiver aqui na Terra.
Aqui falta essa leveza e facilidade, e nem sempre você está cercado por pessoas que compartilham o seu modo de pensar. Você se encontra com muitos níveis de consciência em sua vida. Inclusive, nasce como uma criança vulnerável dentro de uma família cuja energia muitas vezes não reflete sua essência superior nem combina com sua energia natural. Na energia de uma família geralmente existem medos e crenças limitadoras. E você não tem outra opção senão a de absorvê-las como uma esponja, porque, quando criança na Terra, você não está totalmente em contato com sua alma e com o conhecimento que possui no nível da alma. Quando criança, você está totalmente imerso na matéria, num corpo, a fim de adquirir a experiência terrena; e isto significa que absorverá energias não filtradas e irrestritas, que realmente não lhe pertencem. Só mais tarde você começará a discernir o que de fato lhe pertence.

Agora pergunte a si mesmo – e isto é uma coisa que deve perguntar-se constantemente – “Por que entrei nesta dança, na dança com a ilusão, na dança com a sedução, na dança com a escuridão?” Porque a escuridão quer ser transformada por seu intermédio. Você é um anjo de luz. Você quis assumir esta dança com a matéria e a incerteza, porque existe muito amor em você.

Há, dentro de você, uma fonte muito profunda, criativa e inspirada; e é isto que você é. Isto é a sua alma. E, em cada alma, essa fonte criativa, esse fluxo incessante de vida, desenvolve seu próprio e exclusivo brilho. Você é o seu próprio ser – único – ninguém mais é como você. E está aqui para dar forma, à sua própria maneira, ao amor em seu ser, e enfrentar a escuridão dentro de si e transformá-la. Na verdade, a escuridão é igual ao desconhecido, ao novo, à aventura. E se você tiver medo dela, vai se sentir perdido e inseguro.

Na maioria das vezes, uma pessoa fica tão oprimida pelo novo, pelo desconhecido, pela escuridão, que começa a duvidar de si mesma: “Não consigo fazer isto. Não sei quem sou nem onde estou. Eu me perdi.” Então ela precisa de autoconsciência para completar sua jornada, para cumpri-la com alegria. E é por isto que estou aqui, para recordá-lo de si mesmo e da consciência que deseja nascer em você.

Você é um criador – um criador extremamente poderoso – que está aqui para acolher a escuridão e transformá-la. Primeiro você pensa que não conseguirá fazer isto, que será engolido pela escuridão, pela ignorância e se perderá. Mas chega um momento em que percebe quem é que está olhando para a escuridão, quem é essa fonte poderosa, esse ser que constantemente volta a dançar com a ilusão e a ignorância. E então seu olhar deixa de voltar-se para fora e passa a se observar internamente, descobrindo quem você é.

Você está envolvido neste processo; está nesta jornada há muito tempo e já descobriu a luz em si mesmo. Mas há sempre momentos em que fica em dúvida e volta a olhar para fora novamente, encontrando aquelas energias negativas que estão vibrando lá, e que são baseadas no medo. Essas energias incutem medo em você e essa experiência afasta-o de si mesmo.

Estou aqui para ajudá-lo a voltar novamente o seu olhar para dentro de si, para a fonte de amor e conhecimento que você é. Às vezes fico frustrado ao ver que você me considera um professor que está acima de você. No entanto, é minha intenção manter seu foco no fato de que somos iguais, de que você traz dentro de si a mesma fonte de conhecimento que eu trago, e que não precisa sentir-se inferior a mim, pois esta não é a intenção; isso é uma ilusão. Estou aqui para derrubar essa ilusão e peço-lhe que coopere comigo nisso, porque preciso de você.

Fui representante de uma nova consciência na Terra, mas pude plantar apenas umas poucas sementes. As possibilidades eram limitadas, naquela época, entretanto neste momento as possibilidades são muito maiores. Imagine que você é uma daquelas sementes, mas uma semente que agora quer germinar, que está pronta para germinar.

Imagine que você se vê num canteiro de solo fértil. Você vê a semente na terra e sente o potencial de vida nessa semente. O sol está brilhando no solo úmido e fértil, e você então imagina como aquela semente desenvolve raízes e brotos. Sinta as raízes penetrarem no solo e veja como minúsculas folhas verdes começam a aparecer ao longo do seu talo. Aprecie a beleza dessa planta e sinta que ela cresce devido à atenção que você lhe dá com o seu deleite e admiração.

Sinta a Terra e como ela acolhe essa planta. Perceba como a planta vai se tornando maior e mais forte até estabelecer-se firmemente no solo da Terra e suas folhas serem grandes e capazes de absorver amplamente a luz solar. Lentamente essa plantinha minúscula transforma-se numa árvore magnífica. Sinta como esta árvore está conectada com o Céu e com a Terra. Perceba seu sistema de raízes e como essas raízes absorvem os nutrientes sem esforço. É um processo natural, portanto não lhe é difícil percebê-lo. O tronco é sólido e forte, e a folhagem é abundante e verde. O sol está brilhando na copa da árvore e esta absorve a luz… a luz do Lar.

Veja se consegue manter esta imagem e imagine que você – da forma que você é agora, no seu corpo – senta-se debaixo dessa árvore e recosta-se em seu tronco. Traga a energia da árvore para dentro de si. Perceba as energias da Terra e do Céu percorrerem suas costas e sinta como você é bem-vindo aqui.

Você é necessário aqui na Terra como um transformador de energia, mas o trabalho que você realiza é principalmente interno. E quando digo “você é necessário”, não quero dizer que você tem que fazer muitas coisas. Pode ser que se sinta inspirado a fazer certas coisas, mas seu trabalho tem mais a ver com manter a imagem daquela árvore. Você está aqui graças à consciência da força e inspiração que brotaram em você, e é isto que contribui com o conjunto mais amplo. Sempre que acredita em si mesmo e confia em sua própria força e criatividade, você muda a consciência coletiva de uma humanidade imersa no medo e na vitimização.

Houve pessoas na Terra que chegaram ao poder e fizeram seus subalternos duvidarem de suas próprias capacidades. Elas tiraram sistematicamente o poder do povo. E este é também um legado com o qual você precisa lidar. Mesmo numa sociedade moderna, livre, este legado ainda existe. É uma herança de medo, repressão e falta de confiança em si mesmo. Não subestime o poder desse legado.

É um grande passo voltar-se para si mesmo, acreditando em si e no seu poder único. Este é um passo enorme na consciência, uma virada de 180 graus. É por isto que o que você está tentando fazer é tão grandioso e impressionante! Porque este é o seu desafio, é o que você veio realizar aqui. Nada mais o cativa. Você quer dar este passo em direção a si mesmo, à germinação do seu verdadeiro poder aqui na Terra, depois de tantos séculos, depois de passar tantas vidas aqui.

O passo final é quando você reconhece que o medo que vive em você é uma ilusão. Já existem alguns momentos em que você sente isto; quando você tem um vislumbre do seu potencial verdadeiro, da sua integridade, da sua divindade. Mas, então, você volta a ficar ofuscado pelo medo, pela dúvida que cobre a Terra como um cobertor.

Esta sombra certamente não é algo que acontece apenas no nível individual. É um cobertor coletivo que sufoca todas as pessoas, e quanto mais você tenta superá-lo e libertar-se dessa velha herança, mais fortemente ele o segura. A pressão coletiva à sua volta é a de manter-se preso e não romper, porque a tendência dos seres humanos é querer se ajustar, é querer pertencer a um grupo.

Mas o que você verdadeiramente quer é escapar disso; libertar-se dessa pressão dos velhos pesos, como o conceito de pecado, a auto-anulação e a submissão. Você pode imaginar essa velha energia como uma cor cinza pesada, uma lama pegajosa que o captura, o atola e o mantém preso. Peço-lhe que não lute contra ela, senão ficará ainda mais profundamente preso e, possivelmente, até paralisado pelas ações dessa lama, dessas velhas energias. Neste sentido, o medo deseja que você lute contra ele, pois assim o domínio que ele tem sobre você ficará mais forte. Se considerar o medo um adversário terrível, você perderá. Porque ao ver o medo como um inimigo real, você está se entregando a ele e, portanto, já está perdido.

O medo, em sua essência, é uma ilusão que pode ser perfurada como um balão e se esvaziar. Não é um inimigo no sentido de um adversário real, mas uma ideia que tem poder sobre você. Não é uma coisa, não é um ser. Se entender a vulnerabilidade que existe em você desde que era um bebê recém-nascido, e começar a enxergar essa vulnerabilidade nas outras pessoas, então poderá perdoar a si mesmo pelo poder que o medo tem sobre você. Se assumir uma postura de perdão e entendimento, o medo não terá mais nenhum poder sobre você. Então você se tornará um doador, a fonte de amor. Você se tornará grande ao invés de pequeno.

Quando você é grande, o medo não tem mais nenhum poder sobre você, e então você começa a vê-lo como um pedido de ajuda; primeiro em si mesmo, depois nos outros também. E esta é a visão correta. O medo é um pedido de ajuda. O medo é uma necessidade, e você é aquele que pode ajudar a fazer essa necessidade desaparecer, porque pode preencher o vazio.

O medo pode ser transmutado pelo amor. Isto é o que você é e o que você pode fazer. Peço-lhe que acredite nisto! Mas o entenderei, mesmo quando perder esta perspectiva novamente. É por isto que estou sempre presente. E comigo estão muitos que também estão envolvidos neste processo grandioso… seus guias, seus Anjos. Eles querem ajudá-lo no que você está fazendo. Há muita ajuda disponível. Sinta essa ajuda aqui e agora, e abra-se para ela. A intenção é que você use a nossa energia, portanto não tenha medo de pedir nossa ajuda. Amamos fazer isto. Estamos realmente fortemente conectados com você.

Agradecemos sua atenção.


 http://www.luzdegaia.net

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...