testo


Sejam bem vindos todos que aqui chegarem!
Nós agradecemos a sua presença.
Este Portal tem como propósito servir amorosamente e colaborar
para o aprimoramento e desenvolvimento pessoal e espiritual do ser.
Fatima dos Anjos

Bem Vindos ao Portal Arco Íris

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Mestre Saint Germain e Mestra Portia







Mestre Saint Germain


Chohan do Sétimo Raio, Violeta. É hoje o Diretor da Era de Aquário.
A era anterior, a de Peixes, foi dirigida pelo Mestre Sananda.

 Saint Germain é hoje o responsável por todos nós e pelo nosso Planeta, missão essa recebida do Mestre Sananda, que embora tenha hoje sob sua responsabilidade, missões muito mais relevantes e elevadas, ainda continua conosco por puro amor.
Saint Germain, também conhecido como Mestre Rakoczi, dedica-se especialmente aos atributos divinos da transmutação, perdão, liberdade, justiça, ordem, ritmo, cerimonial e conhecimento elevado. A alquimia, ciência em que ele se notabilizou, é também um atributo do Sétimo Raio, assim como a Chama Violeta, energia capaz de transmutar as negatividades e o carma.

Por muito tempo, o uso da Chama Violeta era restrito aos seres iniciados nos planos sutis; foi por iniciativa de Saint Germain que essa magnífica ferramenta de autotransformação começou a ser introduzida na terceira dimensão, para adiantar o processo evolutivo. Seu uso constante acelera a vibração do nosso campo energético; dissolve os condicionamentos mentais e emocionais e, assim, contribui para a ampliação da nossa consciência espiritual, que leva à crescente aceitação da Divina Presença em nós e culmina com a plena Unicidade em Deus.

Ele já esteve aqui encarnado, como nós, mas venceu todos os limites da matéria e tornou-se Um com Deus, assim como Sananda e outros Iluminados. Por onde passou, deixou um rastro de Luz. Viveu como o profeta Samuel; José, o pai de Jesus; Proclos, filósofo grego; Roger Bacon, monge alquimista inglês, mais tarde, Francis Bacon, que ganhou maior evidência, perante os olhos do público, na controvérsia bacon-shakesperiana; Paracelso, o famoso médico e alquimista suíço; Cristóvão Colombo; e o escritor e dramaturgo William Shakespeare, só para citar suas experiências mais recentes. Ascensionou em 1684, na Transilvânia, hoje conhecida como Romênia.
Mesmo depois de ascensionado, Ele continuou atuando na diretamente na vida física, entre 1710 e 1822. Formou sociedades secretas e dedicou-se à filantropia. Como conselheiro de políticos e monarcas europeus, procurou alinhavar alianças que trouxessem a paz e a justiça ao continente. Tentou inclusive alertar a realeza da França sobre a iminente revolução, mas seus conselhos e profecias não foram ouvidos. Já nos Estados Unidos, ajudou a elaborar a constituição americana e a fundamentar as bases da democracia no país.

Há muitos registros de sua intrigante presença no mundo por esta época, que foi anotada em jornais e, principalmente, nas cartas e memórias da nobreza dos países em que esteve. Ficou conhecido como "o homem maravilhoso da Europa" devido aos feitos extraordinários que realizava. Tinha uma cultura que ofuscava as mentes de todos os sábios europeus juntos, falava pelo menos uma dúzia de idiomas, tocava virtuosamente o violino e o piano, pintava, escrevia, tinha uma memória prodigiosa para fatos históricos e parecia já ter estado em cada canto do mundo. Por todo o tempo em que foi visto, conservou a mesma aparência, a de um cavalheiro na faixa dos 40 anos de idade. Aparecia como que por encanto e, quando se retirava, sumia sem ser visto. Ninguém jamais soube de onde ele veio e como ou por que desapareceu.
Saint Germain não fazia segredo de sua mestria no mundo físico. Utilizava seus poderes adquiridos anteriormente, como línguas vivas e mortas, alquimia, música e bilocação, estando em dois lugares ao mesmo tempo. Utilizando o corpo causal, não necessitava de comida ou bebida, mesmo participando de diversos eventos sociais nas cortes européias, fato que chamava muita atenção. Transformou moedas de metal vil em ouro diante de alguns incrédulos, dentre eles,  Casanova; realizava curas com ervas e poções que preparava; tirava defeitos de pedras preciosas; e chegou até a presentear uma certa madame Georgy, com um elixir que a conservou com a mesma aparência por 25 anos, e prolongou sua vida muito além da média da época. Deixando-se de lado suas habilidades extrafísicas, era um homem amável, generoso, bem-humorado, refinado e encantador.

Encerrada a sua missão diplomática nos séculos 18 e 19, Saint Germain passou a trabalhar apenas no plano sutil. Seu principal foco de irradiação para a Terra é o Templo Etérico sobre o Mount Shasta, na Califórnia, EUA. Seu complemento divino é Mestra Pórtia e sua nota chave, Conto dos Bosques de Viena, de Strauss. O serviço desse adorável Mestre tem uma abrangência inconcebível para nós.

Esse querido Mestre nos pede que cultivemos em nós através de nossos pensamentos, a paciência e a compreensão, para conosco e para com aqueles que nos circundam, pois através da união dessas duas virtudes, teremos o conforto e a vida de Paz que almejamos. Nos pede também que estejamos conscientes e dispostos, a determinar ao Fogo da Chama Transmutadora Violeta, que transmute as mágoas, as culpas e as causas de todos os enganos, que vimos insistindo em carregar por tantas oportunidades de vida. O Fogo Violeta Misericordioso, nos deixa livres das pressões de todas as energias mal qualificadas, oriundas de nossas atitudes perante a nós mesmos e a nossos irmãos, como crítica, condenação e julgamento. Podemos nos libertar agora ou continuar construindo ao nosso redor, a repetição dos mesmos enganos. A escolha é nossa!

Mestra Pórtia
Deusa da oportunidade, da Liberdade, e da Justiça. Membro e porta-voz do Conselho Cármico. Complemento de Saint Germain. Atua juntamente com  Kwan Yin, auxiliando-nos a restaurar a nossa Energia Crística, que se encontra de certa forma adormecida.
Ela é um foco de luz muito poderoso que atua com diversas falanges da espiritualidade atuante nos planos mais próximos a humanidade terrena.
Emprega o poder da misericórdia do Raio Violeta e Ultra Violeta e também com a energia do raio Magenta, onde a tonalidade rosada é mais amplificada que a azul, procurando com isso atuar de forma diferente a Saint Germain, para assim complementar outras tarefas em conjunto com os 22 Raios, onde cada qual manifesta suas contribuições para resgatar a Terra e as humanidades presentes nela.




 Chohan do Sétimo Raio, Violeta. É hoje o Diretor da Era de Aquário.
A era anterior, a de Peixes, foi dirigida pelo Mestre Sananda.
 Saint Germain é hoje o responsável por todos nós e pelo nosso Planeta, missão essa recebida do Mestre Sananda, que embora tenha hoje sob sua responsabilidade, missões muito mais relevantes e elevadas, ainda continua conosco por puro amor.
Saint Germain, também conhecido como Mestre Rakoczi, dedica-se especialmente aos atributos divinos da transmutação, perdão, liberdade, justiça, ordem, ritmo, cerimonial e conhecimento elevado. A alquimia, ciência em que ele se notabilizou, é também um atributo do Sétimo Raio, assim como a Chama Violeta, energia capaz de transmutar as negatividades e o carma.

Por muito tempo, o uso da Chama Violeta era restrito aos seres iniciados nos planos sutis; foi por iniciativa de Saint Germain que essa magnífica ferramenta de autotransformação começou a ser introduzida na terceira dimensão, para adiantar o processo evolutivo. Seu uso constante acelera a vibração do nosso campo energético; dissolve os condicionamentos mentais e emocionais e, assim, contribui para a ampliação da nossa consciência espiritual, que leva à crescente aceitação da Divina Presença em nós e culmina com a plena Unicidade em Deus.

Ele já esteve aqui encarnado, como nós, mas venceu todos os limites da matéria e tornou-se Um com Deus, assim como Sananda e outros Iluminados. Por onde passou, deixou um rastro de Luz. Viveu como o profeta Samuel; José, o pai de Jesus; Proclos, filósofo grego; Roger Bacon, monge alquimista inglês, mais tarde, Francis Bacon, que ganhou maior evidência, perante os olhos do público, na controvérsia bacon-shakesperiana; Paracelso, o famoso médico e alquimista suíço; Cristóvão Colombo; e o escritor e dramaturgo William Shakespeare, só para citar suas experiências mais recentes. Ascensionou em 1684, na Transilvânia, hoje conhecida como Romênia.
Mesmo depois de ascensionado, Ele continuou atuando na diretamente na vida física, entre 1710 e 1822. Formou sociedades secretas e dedicou-se à filantropia. Como conselheiro de políticos e monarcas europeus, procurou alinhavar alianças que trouxessem a paz e a justiça ao continente. Tentou inclusive alertar a realeza da França sobre a iminente revolução, mas seus conselhos e profecias não foram ouvidos. Já nos Estados Unidos, ajudou a elaborar a constituição americana e a fundamentar as bases da democracia no país.

Há muitos registros de sua intrigante presença no mundo por esta época, que foi anotada em jornais e, principalmente, nas cartas e memórias da nobreza dos países em que esteve. Ficou conhecido como "o homem maravilhoso da Europa" devido aos feitos extraordinários que realizava. Tinha uma cultura que ofuscava as mentes de todos os sábios europeus juntos, falava pelo menos uma dúzia de idiomas, tocava virtuosamente o violino e o piano, pintava, escrevia, tinha uma memória prodigiosa para fatos históricos e parecia já ter estado em cada canto do mundo. Por todo o tempo em que foi visto, conservou a mesma aparência, a de um cavalheiro na faixa dos 40 anos de idade. Aparecia como que por encanto e, quando se retirava, sumia sem ser visto. Ninguém jamais soube de onde ele veio e como ou por que desapareceu.
Saint Germain não fazia segredo de sua mestria no mundo físico. Utilizava seus poderes adquiridos anteriormente, como línguas vivas e mortas, alquimia, música e bilocação, estando em dois lugares ao mesmo tempo. Utilizando o corpo causal, não necessitava de comida ou bebida, mesmo participando de diversos eventos sociais nas cortes européias, fato que chamava muita atenção. Transformou moedas de metal vil em ouro diante de alguns incrédulos, dentre eles,  Casanova; realizava curas com ervas e poções que preparava; tirava defeitos de pedras preciosas; e chegou até a presentear uma certa madame Georgy, com um elixir que a conservou com a mesma aparência por 25 anos, e prolongou sua vida muito além da média da época. Deixando-se de lado suas habilidades extrafísicas, era um homem amável, generoso, bem-humorado, refinado e encantador.

Encerrada a sua missão diplomática nos séculos 18 e 19, Saint Germain passou a trabalhar apenas no plano sutil. Seu principal foco de irradiação para a Terra é o Templo Etérico sobre o Mount Shasta, na Califórnia, EUA. Seu complemento divino é Mestra Pórtia e sua nota chave, Conto dos Bosques de Viena, de Strauss. O serviço desse adorável Mestre tem uma abrangência inconcebível para nós.

Esse querido Mestre nos pede que cultivemos em nós através de nossos pensamentos, a paciência e a compreensão, para conosco e para com aqueles que nos circundam, pois através da união dessas duas virtudes, teremos o conforto e a vida de Paz que almejamos. Nos pede também que estejamos conscientes e dispostos, a determinar ao Fogo da Chama Transmutadora Violeta, que transmute as mágoas, as culpas e as causas de todos os enganos, que vimos insistindo em carregar por tantas oportunidades de vida. O Fogo Violeta Misericordioso, nos deixa livres das pressões de todas as energias mal qualificadas, oriundas de nossas atitudes perante a nós mesmos e a nossos irmãos, como crítica, condenação e julgamento. Podemos nos libertar agora ou continuar construindo ao nosso redor, a repetição dos mesmos enganos. A escolha é nossa!



Mestra Pórtia

Deusa da oportunidade, da Liberdade, e da Justiça. Membro e porta-voz do Conselho Cármico. Complemento de Saint Germain. Atua juntamente com  Kwan Yin, auxiliando-nos a restaurar a nossa Energia Crística, que se encontra de certa forma adormecida.

Ela é um foco de luz muito poderoso que atua com diversas falanges da espiritualidade atuante nos planos mais próximos a humanidade terrena.

Emprega o poder da misericórdia do Raio Violeta e Ultra Violeta e também com a energia do raio Magenta, onde a tonalidade rosada é mais amplificada que a azul, procurando com isso atuar de forma diferente a Saint Germain, para assim complementar outras tarefas em conjunto com os 22 Raios, onde cada qual manifesta suas contribuições para resgatar a Terra e as humanidades presentes nela.


Um comentário:

  1. Émuito bom conhecer um da história dos mestres. Sinto como se estivesse mais próxima a eles e ao mesmo seguindo abençoada...

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...