testo


Sejam bem vindos todos que aqui chegarem!
Nós agradecemos a sua presença.
Este Portal tem como propósito servir amorosamente e colaborar
para o aprimoramento e desenvolvimento pessoal e espiritual do ser.
Fatima dos Anjos

Bem Vindos ao Portal Arco Íris

quinta-feira, 20 de julho de 2017

LUA NOVA EM LEÃO, 23 DE JULHO: INFUSÃO DA CRIATIVIDADE & CURA MULTIDIMENSIONAL PROFUNDA

LUA NOVA EM LEÃO, 23 DE JULHO:
INFUSÃO DA CRIATIVIDADE & CURA MULTIDIMENSIONAL PROFUNDA
Por Natalia Alba
18 de julho de 2017

O processo de autocura é o privilégio de todo o ser. A autocura não é um milagre, nem é a autocura uma dramatização da personalidade como se vocês pudessem fazer algo superior. A autocura é um processo genuíno do relacionamento entre o físico e o poder infinito da alma. Harbhajan Singh Yogi.

Meus amados,

Neste momento de nossa jornada ascensional, nos encontramos alinhando-nos com a Nova Frequência da oitava superior/Linha do Tempo, a que estamos conscientemente prestes a acessar. É exatamente nesta fase transicional intensa, que damos as boas vindas à ígnea Lua Nova, no grau zero de Leão, como uma confirmação do macro acerca da grande infusão de cura /limpeza profunda, assim como da criatividade que estamos recebendo desde o início deste verão intenso. É um momento de finalizações e novos começos, porque, na verdade, ambos precisam uns dos outros para reconstruir a realidade.
É neste lugar em que estamos agora, o que decidimos fazer com isso – assim como criar – é que irá determinar em que linha do tempo vibratório, inferior/superior, nos alinharemos.

Durante esta mudança cósmica, não existe começo nem fim, mas a transformação infinita, que ocorre quando se está pronto para liberar uma forma densa, a fim de incorporar uma mais luminosa. Esta Lua é – conforme venho dizendo em meus artigos anteriores – a antecâmara do eclipse em Leão, no dia 21 de agosto. Estaremos navegando entre um portal galáctico de constante renovação, criatividade, dissolução e expansão. Não há um tempo ou espaço fixo/linear para que possamos integrar essas frequências, mas a oportunidade de nos comunicar com a nossa alma, para saber o que precisamos curar/transmutar/acolher a cada momento.

Essa Lua Nova nos traz expansão, revelações criativas e a dádiva de curar as feridas traumáticas que ainda continuamos a reproduzir – profundamente em nosso subconsciente – sem estar cientes disso, impressas em nosso corpo emocional e que queimam tudo o que nos impede de acolher um estado de ser mais elevado. Todavia, a essência dessa Lua leonina é também uma de alegria, paixão e a oportunidade de exalar criatividade, porque é na exalação em que o divino interno se expande, e dá à luz novos mundos, quando expira. É um momento para concentrar todo o poder e energia – dessa conjunção – entre a Lua e Marte, ao dar forma aos desejos de nossa alma, em lugar de ser impulsivos e criarmos apenas aos nossos desejos egoicos, que não vão beneficiar nossa vontade mais elevada.

Uma Lua Nova ardente, que vem para nos capacitar, nos ajudar a queimar o velho, nos lembrar de que o verdadeiro poder não quer dizer controlar ou forçar algo, com o “poder” da raiva, mas com a espécie de poder que advém de um coração aberto – sempre apaixonado pelo Todo – que é de onde o verdadeiro poder e presença se originam. Marte, ao acompanhar a Lua leonina, é um convite para que dominemos nosso ego e nossa raiva, porque a ferocidade não é fazer com que os outros nos temam para conseguir nossos desejos egoicos, mas fazer com que eles nos respeitem, por permanecermos altivos e seguros em nossa luz, em quem somos e a nossa verdade.

Durante este verão, a maioria das almas em ascensão, que está conscientemente trabalhando em si mesmas para finalmente habitar no espaço da quinta dimensão, começará a notar a diferença entre ambas as frequências – 3D e 5D – visto que não é uma localização fisicamente diferente, mas de uma frequência que nos mostrará onde estamos. Se vocês vibrarem em uma frequência mais elevada, isso é o que estabelece a distinção entre as dimensões. Portanto, a realidade que vocês vivenciam é determinada pela velocidade com que vocês vibram.

Em minha experiência pessoal, independe do caminho que assumo, desde que esteja alinhado com a linha do tempo da 5D que escolhi seguir. Eu nunca atravesso caminhos com qualquer dos meus amigos do passado, mesmo que eles vivam no próximo edifício, e notem que a minha cidade é realmente pequena. Tudo o que preciso para me sustentar no físico, se manifesta mesmo antes de que eu precise, não no momento, nem após um desafio, porque o Universo sabe do que eu vou precisar. Apenas tenho que estar alinhada com isso e me manter confiante e vibrando tão alto quanto possível para poder receber. Tudo o que costumava ser uma constante, começou a mudar, até que não seja mais a mesma realidade, porque essa nova frequência não pode coexistir mais com aqueles que escolheram uma totalidade diferente.

Consequentemente, é a sua frequência vibratória – a essência que vocês decidem fazer brilhar – que os limita em seu plano de ação. Se o que estão vendo não é o que desejam experimentar, vibrem mais alto, e a partir desse estado de ser, aprendam como moldar a energia, enviá-la e aprender como criar na Nova Terra, de modo que aquilo que os rodeia comece a ficar alinhado com quem vocês se tornaram.

Esse é apenas um exemplo do que vai acontecer com aqueles que estão acessando o Novo Espaço, porque tudo nele, pessoas, situações, resultados devem estar em ressonância com a sua frequência interna. Porque é Lei que duas frequências opostas não colidam, criando uma barreira vibratória entre uma dimensão e outra.

Estamos também em um período muito importante para os relacionamentos, para aqueles que estão escolhendo um caminho diferente do de vocês, perguntem-se se vocês continuarem forçando esses encontros, quando deveriam ocorrer naturalmente – devido aos seus apegos egoicos – e temores de perder o que nunca pode ser perdido – ou se vocês estão dispostos a abrir mão e deixar que o seu Eu Unificado orquestre os encontros de alma, as situações que são destinadas a acontecer em sua nova realidade.

Em um nível cósmico, não somente temos o nosso Sol Central muito ativo, sempre nos ajudando a liberar o que não nos serve mais, mas também seis Planetas – em Leão – que nos farão sentir o ímpeto de agir impulsivamente. Há outro aspecto, provavelmente o mais destacado, que é a Lua em Leão, sendo influenciada por Marte, ao mesmo tempo em que o guerreiro faz uma quadratura com Urano, também. Esse aspecto traz paixão para agir, para permanecer altivos e seguros naquilo que realmente desejamos e recuperar o nosso poder. Se utilizada sabiamente, essa energia pode servir para que sejamos ousados e nos liberte dos velhos grilhões, e que possamos acolher um modo de viver mais elevado.

Contudo, essa frequência, se não for incorporada de modo adequado, pode também nos tornar impulsivos, agressivos e direcionar nossa força interior para alimentar nossa raiva não curada. Quando temos uma frequência tão poderosa reinando nos céus, devemos nos ancorar e nos equilibrar antes de agir, em vez de criar resultados que não se originem de um espaço de respeito próprio e ao Todo. É por isso que é essencial agir em todos os momentos como testemunha e não como a personalidade individualizada tridimensional, envolvida em uma jornada humana, porque é aí quando nos perderemos nas ilusões de nosso ego e começaremos a criar sem o foco adequado.

Observem onde vocês se contraem, em vez de permitir que a sua alma se expanda neste domínio físico. Testemunhem o seu eu inferior, vejam onde vocês ainda estão zangados e compreendam que nunca é acerca dos outros, acerca do que eles dizem ou não sobre vocês, o que eles pensam sobre quem vocês são e o que vocês fazem. Nem é sobre um amante do passado que pensou que vocês não eram o bastante e os deixaram. Não diz respeito ao o que o seu eu egoico pensa que perde. É sempre sobre o que vocês fazem com os seus pensamentos, emoções e percepção da realidade e as expectativas que vocês mantiveram do que deveria ter ocorrido ou não. É tudo sobre vocês, sempre foi sobre vocês e o que vocês criam na vida humana que estão experimentando.

Quando nos concentramos mais em obter resultados/manifestações físicas do que em nosso processo evolutivo interno, criando desequilíbrio entre ambos, é importante prestar atenção aos sinais que o nosso corpo nos envia, para fazer com que nos conscientizemos do que estamos ignorando/negando ver. Neste momento, muitos dentre vocês podem estar tendo sensações físicas no centro do coração (conectado ao fogo), como ansiedade, palpitações etc., no baço, estômago, pâncreas e/ou órgãos reprodutivos (terra).

Se esse é o seu caso, esta é uma mensagem para vocês se ancorar, em uma etapa em que em vez de negar o lugar em que estamos e o nosso Planeta, conectando-nos com ele, em todos os níveis, é essencial para a transição como Um, e permanecer bem ancorados para evitar ilusões, assim como desequilíbrios físicos, criados para habitar somente no etéreo. Porque é no físico, pela primeira vez na história humana, que temos a oportunidade de dominar nossos eus inferiores e começar a evoluir, neste plano denso.

Tão importante quanto nos manter ancorados, é combinar isso com um trabalho de nível energético, também, e continuar curando nosso corpo emocional de todas as emoções traumáticas que estão nos impedindo de avançar. O macro nos confirma que este é um grande momento para a cura, devido ao trígono entre o Sol, a Lua, Marte e Quíron – um encontro formidável de forças que curam, que vão nos enviar a frequência adequada para que trabalhemos conscientemente em nossos corpos emocionais e mentais, para desfazer antigos mecanismos programados, assim como aqueles que foram impressos há muito tempo – em nosso modelo energético – para nos manipular – e as próprias crenças, e começar a nos liberar de mais restrições, algo que o eclipse em Aquário, em agosto, também nos ajudará a fazer.

Um meio de reconhecer as feridas emocionais – que ainda não vieram à tona – é por demonstrar sintomas de dor, encobrindo-as com vícios, escapismo, raiva, frustração, culpando os outros, falta de poder pessoal, inabilidade para expressar nossos corações e utilizar a negação e as ilusões para encobrir a verdade que nos desafiará, mas também nos libertará. Observem o eu inferior, infundam-no com amor, nunca com comparações, juízos de valor ou falta de empatia, e, consequentemente, compaixão. Vejam onde vocês se limitam, onde ainda se punem por antigos atos, resíduos de vidas passadas (cármicos), sentimentos e muitos outros meios que reduzem a sua Centelha Divina.

Há muitas formas pelas quais vocês podem perceber se ainda estão se punindo e por isso, se sentem inadequados, e sofrem devido aos atos e/ou emoções passados, e comecem o trabalho interior com o seu corpo emocional. Vocês estão se punindo – e ao seu corpo – com alimentos, bebidas ou qualquer outra substância que os torna viciados na alegria falsa, que isso lhes traz? Vocês estão se punindo por ficar apegados a antigos relacionamentos, em vez de permitir que a sua alma lhes traga o relacionamento perfeito neste momento? Isso não é o Universo castigando-os, isso é o próprio eu impedindo-os de ficar alegres, que é o nosso estado natural de ser.

A mesma coisa ocorre com a abundância, todos nós fazemos isso, de vez em quando. Temos a tendência de nos punir, não aceitando a abundância, se não vier do jeito que nosso eu egoico pensa que deveria vir. Negamos o que é nosso, por direito divino, simplesmente por achar que temos que criar abundância por nós mesmos, impedindo que os outros nos proporcionem aquilo de que precisamos, neste momento de nossa jornada. Existem infinitos modos para sabotar o self, porque, na verdade, todos nós ainda temos limitados programas impressos, criados por nós mesmos, sendo executados em nosso íntimo, dizendo-nos como nós somos pequenos, quando na verdade somos a Fonte encarnada, um fato básico, que tendemos a evitar/negar.

Ao ter expectativas de como as coisas deveriam ocorrer, ou não, vocês estão se limitando e, visto que não estão conscientes disso ainda, ou desejam estar, vocês não estão recebendo todo o fluxo infinito de amor, que está esperando por vocês, em todos os momentos. Ninguém está fazendo nada para vocês. Vocês são livres para criar uma versão de si mesmos, desprovida de poder ou reivindicar sua soberania, assumindo a responsabilidade por quem vocês são, e por tudo que criam e começar a seguir um caminho de criação consciente e autêntica.

Existem sempre duas vozes em nosso interior, porque escolhemos experimentar um Universo dual. Uma voz é o seu ego dizendo-lhes como vocês estão errados, por acreditar que podem realizar tudo o que desejam, a partir de sua alma, porque vocês não passam de marionetes, movidos por forças exteriores, forças que estão também realizando sua missão de derrotá-los ao programá-los com agendas/emoções negativas, se vocês decidirem ceder-lhes o seu poder.

Essa voz, que os mantêm com medo, é uma ferramenta que criamos, como humanos, para nos proporcionar a oportunidade de experimentar o que não somos. Não é real, por assim dizer, não é o que vocês são, mas o que lhes ensinaram/disseram que vocês são, e que vocês continuam repetindo para si mesmos, nos momentos em que estão mais enfraquecidos.

Por outro lado, há essa outra voz interna, divina, sussurrando em seus ouvidos, em todos os momentos, reverberando dentro de si mesmos, que vocês são suficientes, poderosos, belos e apreciados imensuravelmente. Essa voz é suave, tranquilizante, porém forte o bastante para ser ouvida no silêncio de sua alma – quem vocês verdadeiramente são – lembrando-lhes de que vocês são seres divinos soberanos, e tudo o que vocês poderiam fazer com o poder divino lhes é dado, e que são vocês, se escolherem utilizá-lo de modo sábio, para curar-se e tornar-se um instrumento de luz da Fonte, para ajudar o Todo. Como sempre, é sua a decisão de brilhar ou viver na escuridão.

Lembrem-se, meus amados, embora o seu eu egoico perceba a escuridão como sendo “maléfica” – tudo serve a um propósito, para ajudá-los a se recordar de nossa Herança Divina Verdadeira. Tudo faz parte da Criação. A única coisa que vocês deverão decidir, agora, neste período de bifurcação, enquanto somos banhados por essa curadora e poderosa Lua Nova, em Leão, é se vocês já experimentaram suficientemente a limitação, e estão prontos para experimentar as maravilhas de ser quem vocês realmente são, e viver em um espaço vibratório superior, ou se ainda precisam aprender algo que lhes servirá para finalmente acessar uma Nova Realidade de integração e amor incondicional para Todos.

Uma continuação, eu lhes deixo um exercício/meditação fácil para que vocês comecem o trabalho interno de dissolução das feridas traumáticas que ainda têm em seu corpo emocional. Eu não sou fã de lhes dar quaisquer lições ou dizer-lhes o que vocês deveriam fazer, porque vocês são os mestres e curadores de si mesmos e sabem melhor do que ninguém o que é melhor para vocês e eu não sou professora. Visto que estou simplesmente aqui – como vocês também estão – para compartilhar. Todavia, fui orientada a compartilhar esta técnica que eu faço – com muito amor e respeito – no caso em que possa ajudá-los em sua jornada exclusiva.

Este é um dos exercícios que são essenciais antes de começarmos a trabalhar com o nosso DNA. Servirá para que vocês curem tudo que vocês são – eus passado, presente e futuro. Para que a cura multidimensional ocorra em uma escala não-linear, e à medida que purificamos nosso passado, fazemos isso também com as nossas linhas do tempo presente e futura. Ao trabalhar com nosso aspecto individualizado da Fonte encarnado neste momento, com um determinado aspecto físico e nome, também estamos fazendo para Todos, porque Todos existem neste exato momento.

Exercício para desfazer feridas emocionais traumáticas:

. Localizem a emoção que está aprisionada internamente devido à ruminação dela. Lembrem-se, quanto mais ruminam algo, mais vocês o mantêm ativo em seu corpo emocional, ocupando um espaço que deve ser liberado para que vocês o preencham com amor e emoções novas e construtivas, que vão ajudá-los a construir uma experiência de vida forte e saudável. Invoquem o seu Eu Unificado/Guias para ajudá-los em seu processo de cura.

Essas emoções/feridas inferiores podem estar encobertas por muitas coisas que podem impedi-las de vir à tona. Não as encubram com substâncias, temores ou negação, conscientizem-se, tornem-se o curador que vocês são e sintam a dor. Nunca a ignorem, porque ela é o seu melhor professor e salvador, e o acesso para a autocura.

Após localizar a dor, a coisa mais importante é lidar com ela, não a partir de onde ela vem. Não importa o que costumávamos ser, em nossas existências passadas, e se a dor se origina de lá, somente importa o que estamos sendo agora, e o que estamos fazendo com o que estamos sentindo agora. Se o que estamos sentindo está nos fazendo sofrer, identifiquem de onde essa dor vem, é útil, mas vocês não podem voltar a um tempo passado para corrigir isso, visto que não há nada para consertar, para começar.

A única coisa que vocês podem fazer é perdoar-se e deixar que a dor se vá, depois que vocês aprenderam o que ela veio mostrar-lhes. Se vocês se comunicam com a sua alma, pelo menos alguns minutos por dia, com os outros eus, que são Um com vocês, quer passado, quer futuro, vocês terão a ajuda exigida para fazer o necessário trabalho de perdão de que precisam para liberar essas emoções inferiores que estão causando-lhes sofrimento.

Quando trabalho com o meu corpo emocional, em meu espaço sagrado, sempre o imagino como um mar ou lago azul escuro, como desejar. Relaciono-o com o elemento água, e, para mim, é mais fácil fluir com esse elemento e liberar tudo o que está estagnado nele, porque a água não permite que algo permaneça aprisionado nela.

. Visualizem-se em frente desse mar não purificado, todas as emoções inferiores que estão impedindo que o fluxo natural e o brilho desse mar emerjam. Agora, sintam todas as emoções dolorosas que os fazem sofrer, uma a uma, após aceitar a sua responsabilidade por essas situações, sejam gratos por aquilo que elas lhes ensinaram e enviem-nas para o ponto que reside no meio desse mar, onde há uma corrente que conduz a um buraco.

É aí onde todas as suas emoções negativas são liberadas, até que vocês comecem a se sentir em paz, ou, pelo menos, em um estado de ser equilibrado, sem raiva e repressão.

. Após recuperar a tranquilidade, entrem nesse mar – que está agora mais claro devido às emoções liberadas – mergulhem nele, até que caiam no fundo do mar, onde existe um teatro cheio de gente, almas, que os acompanharam nesta existência ou em qualquer outra, embora elas não tenham rostos, têm realmente uma alma e tocaram a sua vida em um sentido, tornando-os melhor e ajudando-os a crescer, quer o seu ego humano reconheça isso, quer não.

Ao entrar, vocês vão ver uma cadeira no meio do teatro. Sentem-se. Isso é para vocês, todas essas almas estão ávidas para ser perdoadas, como a sua alma também está ansiosa para ser liberada de enfrentar a dor que essas feridas ocultas causam. Chamem-nas uma por uma, façam isso diariamente, visto não ser um processo de um único dia, recordem o que aconteceu com esta pessoa que os fez pensar que ele/ela os feriu.

Desfaçam a ilusão, lembrem-se, ele/ela os ajudou, por um contrato de alma, por livre arbítrio, a lembrar-se do poderoso ser que vocês são – para superar qualquer desafio – mas também capaz de perdoar, porque um Ser Soberano capacitado perdoa a si e a Todos, está em sua essência divina, é quem vocês verdadeiramente são: perdão, amor, luz, alegria, humildade e imensuráveis seres sábios.

Digam-lhes o que vocês precisam para acabar com essa dor, sabendo que se trata de uma alma preciosa que os ajudou, porque, por si mesmos, vocês nunca poderiam ter aprendido tanto quanto o fizeram. Quando finalmente se lembrarem da luz neles como sua única natureza, os enviem, com muito amor e respeito, a um pilar de luz que surge quando alguém perdoa, e os enviem para esse maravilhoso espaço de liberdade – ao mesmo tempo em que vocês também se libertam.

À medida que continuarem a fazer isso, vocês não só farão a recuperação e integração de sua alma, mas a cura de todas as feridas que ainda estão impressas em seu corpo emocional. É essencial trabalhar com o perdão, porque tendemos a esquecer de todas essas feridas, em negação, deixando-as no plano mental, pensando que estamos livres delas, mas, na verdade, apenas as ocultamos, sem perceber que elas ainda estão machucando o nosso corpo emocional, que é tão importante quanto o nosso corpo humano.

É por isso que às vezes enfrentamos ansiedade, isolamento e sofrimento, mas não somos capazes de perceber de onde essas sensações estão vindo. Queremos pensar que vêm das explosões solares, energias cósmicas e assim por diante, mas, às vezes, elas vêm simplesmente da própria dor que as nossas emoções ocultas nos causam.

. Após fazer isso, voltem ao mar, que agora é de um azul claro, radiante e fluente, conforme vocês também estão agora, em amor, luz, gratidão consigo mesmos e com o Todo, porque vocês vêm se comunicando com a sua alma e também com a alma dos outros, que são a sua Família de Alma e companheiros divinos, em paz. Almas que não fizeram nada a não ser amá-los, de maneiras que o seu eu egoico nunca poderia perceber sozinho.

. Depois disso, afirmem:

Eu (digam o seu nome) aceito a luz da minha alma, assim como a luz que habita nos outros que me ajudaram em minha jornada. Libero todas as ilusões humanas. Todo o sentimento de dor e raiva e tudo o que me impede de ver a verdade de quem eu sou e de quem os outros são. Expando agora, e para sempre, no amor divino e qualquer resistência, para experimentar tudo o que me permitirá crescer e vivenciar alegria, abundância e amor incondicional, de uma nova e mais elevada maneira.

Agora, vocês estão livres, livres para seguir o seu caminho sem interferência. Livres das feridas do passado. Livres para criar um caminho em que não terão que forçar quaisquer interações ou encontros de alma, ou se apegar a qualquer um deles, porque vocês agora caminham como mestres, curadores e seres soberanos de sua experiência de vida, e a mera essência da sua nova frequência atrairá qualquer coisa e/ou qualquer pessoa que vocês precisem para cocriar um novo caminho.

Desejo a todos vocês uma Lua Nova curadora, criativa e sempre amorosa, meus amados!

Com amor e luz infinitos.

Natalia Alba      
Natalia Alba  http://www.starseedsoul.com/ 

5 comentários:

  1. Com Amor Incondicional minha irmã de Luz lhe agradeço com a maior Gratidão vou fazer o que me recomendou BJ no seu coração

    ResponderExcluir
  2. Muito obrigado e bom ver que mais de nós estão ascendendo 😍

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...